Papa Francisco diz para professores acreditarem nos estudantes

Papa Francisco diz para professores acreditarem nos estudantes

Nesta segunda-feira (16), o Papa Francisco recebeu cerca de 2 000 educadores, pertencentes à União Católica Italiana de Docentes. O Papa, que também foi professor, disse aos mestres que conserva boas recordações dos estudantes nas salas de aula.

Para ele, “o ensinamento é um trabalho muito belo” porque permite ver crescer, dia a dia, as pessoas que são confiadas aos seus cuidados. É o mesmo que “ser pais”, pelo menos espiritualmente, é algo que traz consigo uma grande responsabilidade.

Francisco afirmou que ensinar é um compromisso muito sério. Devemos lembrar que um professor ou educador nunca está sozinho, mas conta com a ajuda de outros colegas e da comunidade educadora.

Neste sentido, o Papa advertiu: “Jamais pode faltar, entre as tarefas da Associação, a de iluminar e motivar uma ideia justa de escola. Por isso, pediu aos inúmeros presentes a “amar mais os estudantes”, sobretudo os mais difíceis, aqueles que não querem estudar, os portadores de deficiências e os estrangeiros; pediu ainda para se comprometer com as periferias da escola, que não podem ser deixadas na ignorância e na marginalização. E o Pontífice concluiu:

“Como Associação vocês são, por natureza, abertos ao futuro, porque há sempre novas gerações às quais transmitir o patrimônio de conhecimentos e valores. É preciso sempre atualizar suas competências didáticas à luz das novas tecnologias. O ensinamento não é apenas um trabalho, mas uma relação, que como pessoa, deve manter com seus alunos”.

O Santo Padre despediu-se da Associação Católica de Docentes, dirigentes, educadores e formadores italianos animando-os “a renovar sua paixão pelo homem, em seu processo de formação, sendo testemunhas de vida e de esperança”.


A UCIIM comemorava os seus 70 anos de vida. Quando a Associação nasceu, em 1944, por iniciativa de um professor de religião, Gesualdo Nosengo, a Itália ainda estava em guerra. Desde então, a escola percorreu um longo caminho, graças também à sua contribuição, sobretudo na educação das novas gerações.


Com informações da Gaudiumpress.

Deixe seu Comentário