Santa Maria Madalena de Pazzi, virgem

Neste dia 25 celebramos Santa Maria Madalena de Pazzi, uma nobre italiana católica que se tornou freira da Ordem das Carmelitas da Antiga Observância e ficou famosa pelas suas revelações místicas.

Educada piedosamente, desde cedo demonstrou um sentido profundo da presença de Deus, amor ardente à Eucaristia e forte inclinação para o espírito de penitência. Aos dezesseis anos foi admitida entre as freiras Carmelitas da Antiga Observância do Mosteiro de Santa Maria dos Anjos da sua cidade. A uma intensa vida espiritual aliou a observância dos votos religiosos e levou uma vida escondida de oração e abnegação. Pedia incessantemente pela reforma da Igreja Católica, e dirigiu as suas irmãs no caminho da perfeição. Indizíveis sofrimentos físicos e dura provação espiritual puseram à prova sua paciência.

Morreu enriquecida por Deus com graças extraordinárias. O seu corpo encontra-se incorrupto. Foi beatificada pelo Papa Urbano VIII no dia 8 de Maio de 1626 e canonizada pelo Papa Clemente IX a 28 de Abril de 1669.

Santa Maria Madalena de Pazzi, por Pedro de Moya

Santa Maria Madalena de Pazzi, por Pedro de Moya

A sua festa litúrgica é comemorada no dia 25 de Maio.

Deixe seu Comentário